Como é o processo de tirar a carta de condução?

Como é o processo de tirar a carta de condução

A carta de condução é o sonho de muitos jovens que acabaram de completar os 18 anos de idade.

Mais do que ter uma habilitação, esta representa uma sensação de liberdade e praticidade no dia a dia.

Atualmente, há várias formas de se deslocar, mas ter carta de condução e carro próprio não tem comparação.

A possibilidade de se dirigir para qualquer local e sempre que quiser é uma das principais vantagens.

Sabemos que existem outras opções, como andar de autocarro, de metro ou de outros meios de transporte público, mas estes não se comparam ao conforto e à facilidade de um veículo.

 

Carta de condução: Saiba o passo a passo de como obtê-la!

A liberdade é, certamente, um dos principais fatores atrativos para tirar a carta de condução.

Não há nada melhor do que ter independência, não depender de boleias e ter mobilidade própria!

Basta entrar no carro, iniciar a condução e seguir sem rumo.

Não há sensações tão boas na vida como esta! Com a carta de condução, pode experimentar este sentimento de autonomia todos os dias.

As cartas de condução são classificadas em diversas categorias, que variam de acordo com o tipo de veículo, a idade do condutor e o propósito da condução.

De seguida, mostramos-lhe quais são as principais etapas que fazem parte do processo para estar habilitado a conduzir. Acompanhe!

 

Requisitos obrigatórios

Para iniciar o processo, o interessado deve reunir os seguintes requisitos:

  • Ser maior de 16 anos para Categoria A ou 18 anos para a Categoria B
  • Consultar um médico que prescreva um atestado de capacidade física e mental
  • Não estar proibido de conduzir (por um tribunal ou autoridade administrativa)

Estas são as exigências para que se possa inscrever numa escola de condução. Cumpridos os requisitos, o aluno passa então à etapa de realização das aulas.

Será preciso assistir a 28 aulas teóricas de 50 minutos cada uma, seguidas de um exame teórico a ser realizado no Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT).

Já no que toca às aulas práticas, estas consistem em 38 aulas de 50 minutos, seguidas de um exame prático no IMT. As mesmas são iniciadas ainda durante o período das aulas práticas.

Para poder ir a exame teórico terá de realizar um determinado número de aulas práticas.

 

Duração do processo

Na verdade, o tempo do processo varia de um aluno para outro. Isto porque alguns são aprovados na primeira tentativa e outros precisam de repetir os exames.

Dito isto, de um modo geral, todo o processo para ficar habilitado a conduzir pode levar entre meses a anos, no pior dos casos.

É importante destacar que existe um prazo legal para tirar a carta de condução, que é de dois anos. Dentro deste prazo, a lei prevê duas situações:

  • Caso se passem dois anos após a inscrição na escola de condução, será necessário apresentar uma nova inscrição. Ou seja, deverá obter um novo atestado médico e relatório de avalição psicológica, se exigível, e iniciar uma nova formação.
  • Decorridos os dois anos após a inscrição na escola de condução, com o aluno tendo obtido aproveitamento na prova teórica (que tem prazo de validade de um ano), será necessário solicitar a revalidação do título que permite receber a formação.

Estando tudo dentro dos conformes, receberá a carta de condução após o período mencionado.

É importante lembrar que, após receber a carta de condução, deverá fazer a sua renovação periodicamente. No geral, o documento tem uma validade máxima de 5 anos, no entanto cada categoria tem uma validade discriminada no documento.

A partir dos 70 anos, a revalidação da carta deve ser feita de 2 em 2 anos. Fique atento, pois não renovar a licença no período determinado consiste em infração grave e pode originar multa.

Dito isto, está na hora de iniciar o processo escolhendo a escola de condução que mais lhe oferece benefícios.